.

Nossos autores

cms-img

Adolpho Lindenberg

Formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 1949 e apenas três anos depois fundou sua própria empresa. Defensor do livre mercado, tem promovido a tradução, publicação e divulgação de autores como Ludwig von Mises, Milton Friedman e Friedrich Hayek, tendo prefaciado a primeira edição brasileira de seu clássico O caminho da servidão.

cms-img

André Assi Barreto

Bacharel e mestre em Filosofia pela Universidade de São Paulo. Professor das redes pública e privada da cidade de São Paulo. Pesquisador da área de Filosofia, aluno do professor Olavo de Carvalho. Trabalha, ainda, com revisão de textos, assessoria editorial e tradução.

cms-img

Diego Pessi

Bacharel em Direito pela Universidade de Caxias do Sul, concluiu o Curso de Preparação à Carreira do Ministério Público da FMP, assumindo o cargo de Promotor de Justiça no MP do Rio Grande do Sul. Foi palestrante convidado na área de Ciências Penais do Curso de Preparação à Carreira do Ministério Público de 2005 a 2007. Atua na Primeira Promotoria de Justiça Especializada de Erechim-RS.

cms-img

Leonardo Giardin de Souza

Graduou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em 2003 concluiu o Curso de Preparação à Carreira do Ministério Público na Escola Superior do MP do Rio Grande do Sul e obteve aprovação no XLIII Concurso de Ingresso à Carreira do MP gaúcho. Atua como Promotor de Justiça do RS desde 2004 e como 1º Promotor de Justiça da comarca de Taquara, RS.

cms-img

Márcio Scansani

Publicitário comercial por formação (pela Universidade Metodista de São Paulo) e editor de livros por opção. Como publicitário, tem passagens pela ALMAP, O Estado de S. Paulo, revista IstoÉ, RBS – Rede Brasil Sul, Gazeta Mercantil e Diário de S. Paulo, e trabalhou ou atendeu os principais profissionais de mídia e anunciantes do Brasil. Na área editorial, participou da produção de mais de 100 livros.

cms-img

Paulo de Oliveira Eneas

Foi professor de física e matemática, após ter cursado Física na USP. Nos anos 90 passou a se dedicar a traduções técnicas e à produção de textos de divulgação científica, tendo desenvolvido um projeto na área de software educacional de matemática. Paulo Eneas é hoje uma das figuras públicas mais conhecidas internet como editor do blog Crítica Nacional.

cms-img

Ricardo da Costa

Formado em Alicante, Espanha, titular da Universidade Federal de Espírito Santo e mantendo-se permanentemente atualizado sobre os estudos medievais, Ricardo da Costa é considerado por muitos como o maior medievalista do Brasil e tem o especial interesse pelas obras de Ramon Llull e São Bernardo de Claraval.

cms-img

Rogério Silva Araújo

Cursou Belas Artes e Jornalismo na UFMG e trabalha na Prefeitura de Belo Horizonte. Fotógrafo internacionalmente reconhecido, escritor e pesquisador independente,tem conhecimento enciclopédico sobre a História do Brasil, especialmente sobre Minas Gerais. Dentre outras, participa de documentários e publica trabalhos regularmente em seu blog “Corta Vento”.

cms-img

Rafael C. Libardi

Cursou Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e, atualmente, é aluno de graduação em Medicina na Faculdade de Ciência Médicas de Sorocaba/PUC-SP. Tem artigos publicados no portal Mídia Sem Máscara, escreve ocasionalmente para o site Estudos Nacionais; e, recentemente, tornou-se colunista do programa Terça Livre, transmitido pela Internet.

cms-img

Santo Tomás de Aquino

Considerado por muitos como a mente mais privilegiada que já viveu, aos 19 anos já era um filósofo completo e deixou uma obra de volume e profundidade impressionantes, com alguns trechos de espantosa atualidade, como De Regno. As demais partes do livro são extratos da Suma Teológica onde ele discute, em nova tradução, algumas passagens que complementam essa leitura.

cms-img

Stefan Baciu

Foi poeta, ensaísta, jornalista, crítico de arte, tradutor e professor universitário. Nasceu em Braşov, Romênia, em 1918 e faleceu em Honolulu, Havaí, em 1993. Autor de cerca de 100 volumes e de milhares de artigos e estudos, Ştefan Baciu figura em dicionários e histórias literárias de vários países.