A ESTÉTICA DO CORPO NA ARTE OCIDENTAL (PRÉ-VENDA)

Matheus Corassa da Silva

R$80,00 R$72,00

Formato: 16x23
Quantidade:
Compartilhar:
Formato: 16x23. Em produção. PRÉ-VENDA - ENTREGA PREVISTA PARA 1a QUINZENA DE SETEMBRO 2020 A Estética do Corpo na Arte Ocidental é a concretização de dois anos de pesquisa acerca da presença e da permanência do corpo humano, figurado ou insinuado, nas mais diversas obras e estilos artísticos. O autor põe-se a decifrar os significados que o corpo adquire na Arte e na própria experiência humana. Observa nele um duplo movimento, de exaltação e de mortificação, tal qual o Carnaval e a Quaresma, cujas raízes remontam ao Mundo Antigo e ao Medievo. Isso não as impede, é evidente, de se projetarem para tempos mais próximos aos nossos, fazendo-se presente mesmo na arte moderna e contemporânea. Na investigação há lugar, ainda, para estudos de casos referenciais na abordagem do corpo na Arte: entre o gótico catalão de Bernat Martorell (1390-1452) e o barroco de Caravaggio (1571-1610), São João Batista, mártir da fé, humilhado pelos homens e exaltado por Deus – e pela Arte – em seu corpo. Parte do texto de A Estética do Corpo na Arte Ocidental já havia sido publicada em outras plataformas, nacionais e internacionais. O texto que chegará às mãos do leitor, no entanto, estará inteiramente revisado e ampliado, além de contar com um epílogo inédito e um luxuoso prefácio escrito por uma das mentes mais brilhantes e provavelmente o maior medievalista deste país: o Prof. Dr. Ricardo da Costa (autor de dois livros pela editora Armada – Impressões da Idade Média e Visões da Idade Média – que compõem as premiações da campanha). Em meio ao caos cultural e educacional vivido pelo Brasil nas últimas décadas, este A Estética do Corpo na Arte Ocidental, que a editora Armada se dispôs a – com a sua contribuição – legar ao leitor brasileiro, se apresenta como um livro de formação, no sentido mais amplo da expressão: formação intelectual, da consciência e da imaginação. Sim, falamos de imaginação moral, aquela que visa o futuro.